Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente
Início do conteúdo
Página inicial > Comunicação > Notícias > Dois homens são presos por receptação em ações de combate ao estelionato na região norte do Estado
Publicação:

Dois homens são presos por receptação em ações de combate ao estelionato na região norte do Estado

ação
Ação policial - Foto: Polícia Civil

Nesta quinta-feira (13), em Erechim, a Polícia Civil prendeu dois homens em flagrante por receptação. Policiais civis da 2ª DP de Erechim, com apoio de policiais militares do 13º BPM, Ambos foram surpreendidos, quando estavam recebendo um trator Valmet, modelo 88.

Segundo o Delegado de Polícia José Roberto Lucaszewigz, desde o início das investigações aos crimes de estelionato, os policiais já recuperaram diversos bens subtraídos das vítimas desses golpes. Entre os bens recuperados estão uma empilhadeira industrial, dois tratores, um “gerico” agrícola e um jogo de rodas. Um suspeito de integrar o grupo criminoso foi preso durante as atividades policiais.

Os criminosos aproveitam ofertas nos sites de comércio digital para dar início aos golpes. Após manifestar interesse pelo negócio, induzem as vítimas a efetuar a entrega dos materiais em municípios do interior de Erechim, onde supostamente o valor acordado seria pago no ato da entrega. Quando os bens são entregues ao criminosos, os mesmos apresentam comprovantes falsos de transferências bancárias, dando a entender que pagaram a compra em questão. Utilizam ainda diversos artifícios para convencer as vítimas que trata-se de um negócio bom e certo, afirmando muitas vezes que o dinheiro será creditado na conta no próximo dia útil. Com essa maneira de ludibriar suas vítimas e induzi-las ao erro, o grupo de criminosos investigado já lesou inúmeras vítimas na região norte do Estado.

A intensificação dos serviços policiais sobre esta modalidade de crime patrimonial serve ainda de alerta à população, acerca dos cuidados necessários ao se concretizar vendas/compras de produtos em plataformas digitais. A Polícia Civil segue investigando o grupo que teria participação nos referidos golpes, a fim responsabilizar todos os envolvidos, assim como busca por informações que levem a recuperação de outros materiais subtraídos de vítimas na região.

Eugènio

RSS
Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul