Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Operação Phoenix é deflagrada cumprindo um total de 29 Mandados de Busca e Apreensão em Alvorada, Viamão e presídio.

Publicação:

draco viamão
Operação Phoenix cumprindo mandados de busca e apreensão. - Foto: Polícia Civil / DRACO Viamão

Na manhã desta sexta-feira (08/10), foi deflagrada a Operação Phoenix com o apoio de 120 policiais.

A operação é resultado de 9 meses de investigação e apurou a prática dos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e tortura praticados por integrantes de organização criminosa que atua, principalmente, no município de Alvorada. A ação foi concentrada no Bairro Piratini, Beco Natal, em Alvorada e Vila Elsa em Viamão. A facção investigada tem por característica a aplicação de torturas em seus comandados que perdem drogas para a a polícia ou que não seguem suas ordens. Durante a investigação, apurou-se a prática, inclusive, de homicídios contra integrantes do baixo escalão do tráfico.

No dia de hoje, foram cumpridos 29 mandados de busca e apreensão, sendo 9 em casas prisionais, onde gerentes do tráfico seguiam coordenando as atividades criminosas. Como resultado, houve a apreensão de 09 telefones celulares, os quais serão objetos de análise. Ainda, uma mulher foi autuada em flagrante pela prática de posse de munição de uso permitido e outra por posse de entorpecentes. Durante a semana, ao ser realizado levantamento dos alvos da operação, um indivíduo já havia sido preso pela prática de tráfico de drogas. A investigação prossegue no intuito de buscar mais elementos para a responsabilização de todos os integrantes da facção criminosa.

Maiores informações podem ser adquiridas com o Delegado Eduardo Limberger do Amaral, titular da Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO de Viamão)

Polícia Civil RS